Produtora de artistas independentes + Rádio Tecnicolor > Música boa • Shows ao vivo
Cadastro: E-mail: Nome: Cadastre-se!

► • Rádio • ıllılı

Comentários:  6
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter


Tiago Tortora

Convocatória Fotográfica Tecnicolor

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

convocatoria tecnicolor_FB

 

Conseguimos um espaço expositivo muito charmoso no centro do Rio de Janeiro, mais especificamente na Rua do Rosário.

Percebemos que existia um grande vazio entre os artistas e um espaço onde pudéssemos juntos promover arte.
Queremos te convidar para essa experiência.

Na verdade, queremos conhecer sua produção, temos alguns temas e esperamos que você atenda ao nosso chamado!

Curadoria das Fotografia será realizada pelo artista visual: Pedro Teixeira

Vejam abaixo as regras, o cronograma e aguardamos com Ansiedade as suas fotos.

 

1  – DO ENVIO E PREPARO DA SUA IMAGEM

1.1 Cada participante poderá enviar  1 (uma) ou mais fotografias , de sua autoria, para cada uma das exposições(cronograma) devem ser coloridas , com dimensões de 1635 pixels de lado MENOR – 72dpi

- sRGB – JPG 8.

1.2. O arquivo deverá ser renomeado para ”NomeDoAutor_nomeDaExpo.jpg”. Por exemplo, ”Debora_Teixeira_jaFuiMulherEuSei.jpg”

1.3. A data limite para o envio da primeira Expo é dia 09/10/2015 às 23h59.

1.4. O arquivo original pode ser solicitado para a comprovação da autenticidade da fotografia, assim como o exif. Em caso de negativa da comprovação por parte do participante, a fotografia poderá ser  desclassificada.

1.5. A fotografia deve ser enviada em anexo, via e-mail, para o endereço: faletecnicolor@gmail.com com o assunto ”Convocatória”

No corpo do e-mail deve constar:

Nome do autor da foto

2 telefones para contato com DDD

Autorização para a publicação e divulgação da fotografia nos moldes abaixo:

”Eu, NOME DO AUTOR, portador do CPF: … … … .. confirmo que a fotografia em anexo é de

minha autoria e autorizo a sua publicação nas fanpages administradas pelo Tecnicolor. Caso ela seja  finalista nas exposições, autorizo o seu uso exclusivamente para para fins de divulgação do concurso, mantendo sempre meus créditos conforme a lei no 9610 de 19/02/98”

1.6. A fotografia enviada NÃO poderá ter qualquer alteração digital que identifique o autor, como colocação de logomarcas, marcas d’água, asssinaturas ou molduras.

1.7. Não poderão participar fotografias que já tenham participado de outras edições do concurso.

2- DA ESCOLHA DAS FOTOS

2.1. Adotaremos um sistema duas etapas:

Primeira etapa:

Serão reunidas por exposição num único arquivo. O processo de escolha das imagens que integrarão as Expo, será uma processo “ sem rosto” escolhido pelo curador que não saberá o nome dos autores.

Segunda Etapa:

Os autores receberão uma mensagem da Tecnicolor informando se seu trabalho foi selecionado, com mais detalhes sobre a montagem.

Selecionada as  imagens finalistas, o fotógrafo Pedro Teixeira  avaliará as técnicas usadas e a estética da fotografia para escolher em ordem das exposições( de acordo com o cronograma)

3- PRAZOS PARA PRIMEIRA EXPO – TEMA CRISE

09/10/2015 às 23h59 > Data limite para envio

12/10/2015 às 12:00> contato com os autores selecionados.

20/10/2015  as 19:00. Início da Expo.

Em caso de dúvidas entrar em contato também pelo email faletecnicolor@gmail.com

Evento da Convocatória no Facebook

https://www.facebook.com/events/1888507994707710/

 

 

Arte: Kamyla Matias

 

 

Débora Bendito

Tecnicolor no Al-Farabi

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

Tecnicolor no Al-Farabi_FB

 

 

Firmamos uma parceria com um espaço muito especial no centro do Rio de Janeiro, o Al-Farabi.

Lá faremos algumas exposições com duração de 1 mês, cada.

Temas especialmente escolhidos e as imagens terão curadoria do nosso querido e talentoso amigo, Pedro Teixeira.

Para cada abertura de exposição um show diferente!

Um show por mês!

Sempre às terças a partir das 18hs a casa e nós já estaremos esperando vocês!

Abaixo nossa agenda completa de shows e temáticas das exposições.

1) 15 de setembro:
-show: Nina Rosa

2) 20 de outubro:
-show: Lúpulos & Maltados Acústico,
Tema da Exposição: Crise

3) 17 de novembro:
-show: Dona Francisca
Tema da Exposição: + amor por favor

4) 15 de dezembro:
- show: Ayran Nicodemo Trio
Tema da Exposição: O que você faria se não tivesse medo?

 

Colaboração Consciente!

A contribuição consciente é uma forma de colaboração que permite que cada pessoa escolha o quanto, em valor monetário, vai pagar por um serviço recebido.
Quando fazemos nossa contribuição a partir desta consciência, sabemos que o valor que oferecemos é justo e bom para o nosso próprio benefício e para o todo.

Dessa forma, possibilitamos que o trabalho proposto possa continuar a existir de forma independente, e que outras pessoas possam conhecer seus frutos.
Seja bem-vindx à cultura da colaboração!
 

 

Ficha Técnica

Curadoria: Pedro Teixeira e Débora Bendito

Designer: Kamyla Matias

Apoio: Blem Records

Produção: Tecnicolor

Débora Bendito

Peça para Voz e Música em Buenos Aires

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

10799795_590685957729358_1915806480_n

 

Esse fim de semana Buenos Aires receberá mais uma produção Tecnicolor, a Peça para Voz e Música Cascando de Samuel Beckett.

O projeto que tem direção geral da nossa produtora Maria Clara Coelho, estará na programação do Festival Beckett de Buenos Aires, no Teatro El Tinglado,  nos dias 05/12 às 21:30 e dia 06/12 às 23hs.

Sinopse

“Peca para voz e música” é como uma instalação cênica que tenta cavar as bordas do visível e audível em algum lugar entre imagens e sons. O público é convidado a abrir os ouvidos para sons, volumes e intensidades a partir da relação entre a voz, música, escrita e espaço. O trabalho traz duas vozes e música, para falar uns com os outros através do som, uma conexão entre a ouvir rádio e teatro.

 

Ficha técnica (Em Espanhol )

Direción General: Maria Clara Coelho

Dirección Musical: Rachel Araújo

Concepción Visual: Flávia Soares y Lis Mainá Pincelli

Actores: Allan Imianowsky y Tainá Louven

Música Original: Juliano Câmara, Lula Mattos, Mário Travassos y Rachel Araújo

Preparación Vocal: Jane Celeste

Arte Gráfica: Flávia Soares

Fotografía: Clarice Lissovsky y Eduardo Bairrinhos

Tradución al Portugués: Maria Clara Coelho y Tainá Louven

Orientación: Flora Süssekind y Angela Materno

 

Para saber mais

https://www.facebook.com/projetobeckett

http://projetobeckett.wordpress.com

http://www.festivalbeckett.com.ar/peca-para-voz-e-musica/

Débora Bendito

2ª Edição Festival de Esquetes de Santa Teresa

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

O que é o F.E.S.T.A?

O Festival de Espetáculos de Santa Teresa surgiu no ano de 2013 com intuito de agitar a cena cultural do bairro mais charmoso e já conhecidopela sua fama inspiradora, o bairro de Santa Teresa.

Idealizado pelas produtoras Kellys Kelfis, Manuela Penque e Priscila Ullmann, a primeira edição do FESTA, foi realizada de forma independente e o sucesso do projeto, inseriu o evento no cenário de contribuição para a

inovação técnica e conceitual no âmbito das artes cênicas, além de promover o surgimento de novos grupos, linguagens, diretores e dramaturgos.

O que acontecerá esse ano?

A edição de 2014, contou, dentre patrocinadores e outros apoiadores, com o apoio especial do projeto Tecnicolor e será realizado no Centro Cultural Municipal Laurinda Santos Lobo,nos dias 05, 06 e 07 de Dezembro.

Serão no 3 dias de muita troca de experiências entre o público e os artistas participantes, que além das apresentações dos espetáculos selecionados, terá oficinas, debate cultural, exposição de arte, dentre outras

manifestações artísticas que ocorrerão no pátio e nos arredores do local.

 

Gostaria de apresentar seu trabalho no F.E.S.T.A?

Inscrições FESTA

Consulte o regulamento e saiba mais:

http://www.festivaldeesquetesdesantateresa.com/

http://festivaldeesquetedesantatereza.blogspot.com.br/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem são os Jurados?

 

jurados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um pouco do que aconteceu na edição anterior

Ficha Técnica

Direção Geral – Kellys Kelfis

Direção de Produção – Priscila Ullmann

Direção Artística e Curadoria – Manuela Penque

Produção Executiva – Kellys Kelfis, Priscila Ullmann, Débora Bendito

Diretora de Comunicação e Marketing – Manuela Penque

Comunicação Visual – Rafael Haui

Registro Fotografia e Vídeo – Dirceu Mattos

O 2º F.E.S.T.A. – Festival de Esquete de Santa Teresa é uma realização da Nozes Produções.

 

Débora Bendito

1ª Edição do Varal Cultutal no Espaço Urukum

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

foto3(1)

Convidamos todos vocês para a 1ª Edição do Varal Cultural que acontecerá no espaço Urukum  em Santa Teresa no próximo dia 26/10/2014 a partir das 15hs.

Confira nossa programação e venha passar um dia conosco!

 

14hs Portas Abertas

15hs    POESIA

15:30hs    MÚSICA   show Dona Francisca

17:30hs  MÚSICA – show Gabi Buarque

16:40hs  CIRCO – Cia Circo Lar

18:20   POESIA

19hs   MÚSICA   Show os Zéz

20:30hs -23hs  Dj Malungo

 

Bazar

Mosaicos Elisa Paula

Artesanato Carol Assad

Vestidos Gopala

 O evento será gratuito, no entanto, para garantir a sustentabilidade do projeto, assim como remunerar os artistas que se apresentarão, propomos a todos uma contribuição consciente.

 

Endereço: Rua Doutor Julio Otoni, 579

Como chegar de Onibus:

A partir do Largo do Machado e pegar o 507 e descer na última parada da R. Doutor Julio Otoni

A partir da Lapa 006 ou o 007 e descer na R. Doutor Julio Otoni

IMPORTANTE:  Não aceita cartões.

 

 

Ficha Técnica:

Organização: Urukum Guest House e Projeto Tecnicolor

Produção: Gabi Buarque e Débora Bendito

Fotografia: Laura Colomé

Comunicação Visual: Jean Oliveira

Idealização: Gabi Buarque

Parceria: Mundo Malungo

Débora Bendito

Sarau para Lupicínio – 100 Anos

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

10599617_10203732618989656_5440360348894473284_n

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 12 a 14 de setembro (sexta-feira a domingo), às 19h, o espetáculo musical Sarau para Lupicínio – 100 anos, para homenagear Lupicínio Rodrigues na semana de seu centenário. A série de três shows dos irmãos gaúchos Nina, Guto e Grazie Wirtti terá participações do também gaúcho Bebe Kramer, do carioca Marcos Sacramento e do violinista francês Nicolas Krassik.

Em cada noite, uma roda de músicos forma um grande encontro de instrumentistas e compositores da cena musical brasileira. Luís Barcelos (bandolim), Rafael Mallmith (violão), Anderson Balbueno (pandeiro) e Pedro Franco (violão) completam a banda. A direção musical é de Guto Wirtti.

O repertório das três noites divide-se entre o lado boêmio (da canção dor de cotovelo ao samba) e o sentimento regionalista de Lupicínio. Foram ouvidas mais de 150 canções do homenageado para a seleção de cerca de 30 números que compõem o show. “Lupe encerrou ao seu redor o mito do boêmio, do seresteiro, do amigo da noite e é figura mitológica do Rio Grande do Sul”, explica Nina Wirtti, idealizadora do projeto, que conheceu a obra do artista nos encontros de sua família seresteira, na cidade de Santa Maria.

O roteiro inclui, ainda, clássicos do compositor como Felicidade, Cadeira Vazia e Nunca, além de preciosidades como os sambas Pergunte aos meus tamancos e Pregador de bolinha, jamais regravados desde que foram lançados nos anos 1930 e 1940. Num momento apelidado pelos artistas de “gaudério” – gíria do Sul que designa o gaúcho típico dos Pampas – um bloco comandado por Bebe Kramer homenageia a terra natal com composições sobre o universo gaúcho, como Cevando o amargo e Jardim da Saudade.

O cantor e compositor Antonio Gringo -pai de Nina, Grazie e Guto- e Yamandu Costa, com suas vozes gravadas, também participam do espetáculo lendo trechos de crônicas escritas pelo próprio Lupicínio. “Eu não sou músico, não sou compositor, não sou cantor, não sou nada. Eu sou boêmio”, dizia Lupicínio, o autor de sucessos como Se acaso você chegasse (com Felisberto Martins), Vingança e Nervos de aço, e cujo centenário é comemorado no dia 16 de setembro.

O ator e pesquisador Rodrigo Alzuguir assina o roteiro e a direção cênica.

 

Mais informações no Evento no Facebook

Um pouco mais sobre Lupicínio Robrigues

Débora Bendito

Pensando os estereótipos de gênero

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

    Estereótipo, (στερεότυπος) palavra de origem grega que significa “impressão sólida”, corresponde, atualmente, ao processo de engessamento de uma imagem preconcebida e suas variantes sociais, políticas, psicológicas, culturais etc. Dentro desse universo mais amplo, os estereótipos de gênero aparecem como marcadores que buscam determinar atributos de homens e mulheres. Associando cada gênero a um tipo específico de comportamento, manifestação de seus desejos, da sexualidade e de tantos outros aspectos que formam cada indivíduo, os estereótipos buscam determinar quem e como podemos ser, a partir de construções sociais apresentadas como naturais.

    O documentário “O Fracasso dos Estereótipos de Gênero” é fruto de uma pesquisa de 3 anos realizada pelo Grupo de Pesquisa Reconhecimento e Redistribuição: Formas de Combate aos Estereótipos de Gênero (UFRJ). Coordenado pela Prof. Susana de Castro, o filme apresenta uma série de entrevistas que questiona a participação da mídia brasileira no processo de produção, reprodução e manutenção dos estereótipos de gênero.

Participantes

    O filme conta com a participação de diversas pessoas engajadas na discussão proposta. São elas: Adriana Facina, Carla Rodrigues, Hailey Kaas, Jean Wyllys, Larissa Pelúcio, Lola Aronovich, Luiza Erundina, Marcia Tiburi, Maria do Rosário, Maria Elvira Diaz, Maria Luiza Heilborn, Petra Costa, Raquel Paiva e Sylvia Cavasin.

    Afinal, os estereótipos de gênero podem ser encarados como uma forma de violência? Há quem interessa essa norma? Quem ganha e quem perde? Que papel a mídia tem desempenhado nesse processo de normatividade? Haveria outra forma de se conceber as identidades de gênero? Que espaço a mulher acaba ocupando nessa divisão binária de gênero? Que repercussão isso possui sobre o modo como as mulheres se enxergam e percebem as outras? Como os homens acabam percebendo as mulheres? Quais espaços sociais e políticos são destinados a homens e mulheres? Essa divisão faz sentido? Em que medida essa divisão bipartida do gênero altera o nosso modo de encarar o mundo a nossa volta?

    Com mais perguntas do que respostas, o documentário “O Fracasso dos Estereótipos de Gênero” convida a todxs para sua pré-estreia que acontecerá no dia 18/12/2013, às 18:30h no Parque das Ruínas em Santa Teresa. Haverá um bate-papo após o filme.

cartaz oficial estereotipos de genero

convite_estereotiposdegenero

Fabio Oliveira

Quando o nada nos ensina alguma coisa

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter
Nothing Personal¹ certamente poderia ser descrito como um filme intensamente silencioso e assustadoramente belo. Nele se encontra uma variável extensa de elementos que compõe as (im)possibilidades de relações com o outro e consigo mesmo; um filme marcado pelo encontro de dois mundos em solidão.

Solidão, o fim de um relacionamento, casamento, início de uma relação e solidão norteiam e marcam as etapas do filme, de modo que o mesmo também possa ser entendido como o ciclo inevitável de uma vida. A partir desses conceitos, sobressaídos em uma tela escura que evidencia seus significados, ousaria dizer que é a partir deles, seja na tela ou na vida concreta, que é marcada a trajetória de onde viemos, onde estamos e para onde desejamos ou imaginamos ir.

filmstill4

nothingpersonal_scrshot8

filmstill20

filmstill10
É dessa maneira que o filme, ao contrário do seu título, envereda por cada um de nós tocando em lugares que teríamos dificuldade de falar sobre – as palavras se escondem. Somos convocados a nos enxergar na solidão que ocupa nosso próprio espaço, ao passo que é justamente ela que une os dois personagens da história. Seria o relacionamento nada mais, nada menos que o encontro dos vazios?

A partir disso, passamos a questionar a relação inevitável que é estabelecida mesmo quando negamos ou fingimos não haver o vazio em nós, a repensar nossas convicções sobre o significado da liberdade de ser quem somos e até onde nossas identidades são marcadas pelas nossas escolhas e por aquilo que resolvemos deixar para trás em forma de lembrança.

De algum modo, Nothing Personal nos ensina algo acerca da responsabilidade que temos sobre a vida que levamos, sobre o personagem que escolhemos ser, além do nosso descompromisso com o saber apurado da hora de parar.

Filmografia:

¹ Nothing Personal, 2009. Dirigido por Urszula Antoniak, 85minutos.
Fabio Oliveira

Gilberto Gil ‎– Kaya N’Gan Daya

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

gilberto_gil-kaya_n_gan_daya

Tiago Tortora

Julieta Brandão no Carioca da Gema

Comentários:  0
Compartilhe: Facebook Delicious Twitter

Flyer_Facebook

Nos dias 2, 9 e 16 de outubro, às 21h30, a cantora Julieta Brandão estará no Carioca da Gema fazendo o show principal da casa apresentando um repertório recheado de suas influências e ritmos como maxixes, cocos, baiões, choros, canções e sambas.

Os shows contarão com participações  especiais e 2 delas já confirmadas :)

02/10 Participação do músico e compositor Toninho Nascimento, onde juntos relembrarão um pouco do repertório do projeto “Aroeira”

09/10 Participação da cantora Gloria Bonfim que também estará no primeiro CD de Julieta previsto para o início do ano que vem.

 

Imagem de Amostra do You Tube

Formação:

Glauber Seixas – Violão

Dudu Oliveira – Flauta

Anderson Balbueno – Pandeiro

Alfredo Alves – Percussão

Bidu Campeche – Percussão

Ronaldo Gonçalves – Cavaquinho

Julieta Brandão no Carioca da Gema
02, 09 e 16 de outubro -  21h30.
Carioca da Gema: Avenida Mem de Sá, nº 79, Lapa. (21) 2221-0043
Ingresso R$ 22. Lista amiga do Face: R$ 18 (homem) e R$ 15 (mulher) – Basta confirmar presença no Evento do Facebook

Saiba Mais sobre Julieta e seu novo CD

Débora Bendito
Página 1 de 161234510...Última »